Карта сайта

Это автоматически сохраненная страница от 23.01.2014. Оригинал был здесь: http://2ch.hk/b/res/61421393.html
Сайт a2ch.ru не связан с авторами и содержимым страницы
жалоба / abuse: admin@a2ch.ru

Чтв 23 Янв 2014 17:44:58
Оцени анона тред.
Оцени анона тред. Какого то хуя наш тред пидорнули.

Ну да ладно, продолжаем.



Чтв 23 Янв 2014 17:46:04
O territ?rio hoje conhecido como Let?nia tem sido habitado desde 8000 a.C. Na primeira metade de 3000 a.C., as primitivas tribos b?lticas chegaram ao territ?rio. Elas foram os ancestrais do povo let?o. Estes mantiveram contato com o Imp?rio Romano, por meio do com?rcio de ?mbar, atividade interrompida com a invas?o dos eslavos no s?culo VII.
Na Era Crist?, o territ?rio hoje conhecido como Let?nia tornou-se principalmente um entroncamento comercial. A famosa "rota dos Vikings para a Gr?cia" mencionada em antigas cr?nicas partia da Escandin?via atravessando o territ?rio let?o ao longo do rio Daugava (Du?na Ocidental) at? a antiga R?ssia e o Imp?rio Bizantino. Suecos, alem?es e russos tamb?m ocupam a regi?o entre o s?culo IX e o XII.
Conhecida tamb?m como Liv?nia, a partir do s?culo XIII a atual Let?nia esteve sob dom?nio dos Cavaleiros Teut?nicos. O cristianismo ? imposto pelos alem?es ?s tribos locais. O dom?nio alem?o sobre o territ?rio prolonga-se por tr?s s?culos, at? a extin??o da Ordem dos Teut?nicos. No s?culo XVI tornou-se parte do Reino da Pol?nia e Litu?nia. Nesta ?poca, o luteranismo espalhou-se pelo pa?s. Nos s?culos XVIII e XIX, a R?ssia ganhou controle sobre a Let?nia e regi?es vizinhas. Com a aboli??o da servid?o, em 1817, os let?es passam a reivindicar a propriedade da terra, privil?gio dos aristocratas alem?es, o que alimenta o nacionalismo let?o. Com a devasta??o da R?ssia pela Primeira Guerra Mundial e as dificuldades enfrentadas pelo novo regime sovi?tico, o Conselho Nacional declarou a independ?ncia em 18 de Novembro de 1918, formando assim a Rep?blica Independente da Let?nia.


Let?nia, 1920-1940.
Em 1934 o pa?s tornou-se um estado autorit?rio, ap?s um golpe de estado dirigido por Karlis Ulmanis. O parlamento (Saiema) foi suspenso. A 17 de junho de 1940 a Uni?o Sovi?tica invade e anexa o pa?s de acordo com o pacto germano-sovi?tico (tamb?m conhecido como Pacto Ribbentrop-Molotov) de 1939, feito pelo acordo entre os ch

Чтв 23 Янв 2014 17:46:36
Let?nia situa-se na margem oriental do Mar B?ltico sobre o n?vel da parte noroeste da plataforma do Leste Europeu, entre a Est?nia e a Litu?nia ; tamb?m faz divisa com a R?ssia. Cerca de 98% do pa?s est? acima dos 200 metros de altitude. O clima ?mido assemelha-se ao da Nova Inglaterra. Com exce??o da plan?cie costeira, a Let?nia era glacial, dividindo-a em tr?s grandes regi?es. A Let?nia det?m mais de 12000 rios, dos quais apenas 17 t?m mais de 90 km, e mais de 3000 pequenos lagos, a maioria dos quais est?o eutrofizadas. Os principais rios incluem o Daugava, o Lielupe, o Gauja, o Venta e o Salaca. Mais de metade da ?rea florestal ? composta por pinheiros, que cobrem cerca de 41% do pa?s. Excepto a turfa, a dolomita e o calc?rio, os recursos naturais s?o escassos. A Let?nia tem 531 quil?metros de litoral arenoso, e os portos de Liepaja e Ventspils fornecem ?gua quente e abrigam importantes ?reas da costa b?ltica.
O Mar B?ltico banha a costa da Let?nia, que abunda nas praias arenosas e chama o golfo de Riga. No interior, quase toda a superf?cie ? ocupada por grandes plan?cies, apenas interrompido por baixas colinas que exceder 300 metros. Os mais de 2.300 glaciar lagos, dos quais o maior ? o Lago Lub?ns, [1] e as turfeiras e pantanosos ?reas s?o os mais importantes elementos da paisagem. O principal ? o rio Daugava (Western Dvina t?o bem conhecido), nascido na R?ssia.
A Let?nia tem ver?es frescos e invernos frios com frequentes nevadas. A temperatura m?xima recorde na Let?nia ? 36,4 °C graus e as m?nimas de -43,1 °C graus.
WWF inclui o territ?rio da Let?nia no ecorregi?es temperado madeira florestal conhecida como floresta mista sarm?tico.
Demografia[editar | editar c?digo-fonte]

Чтв 23 Янв 2014 17:47:15
O parlamento unicameral, chamado Saeima ? atualmente o mais alto ?rg?o de autoridade do estado na Let?nia. Ele discute e aprova as leis propostas pelo primeiro-ministro let?o. O primeiro-ministro possui total responsabilidade e controle sobre seu gabinete, e o presidente da rep?blica tem apenas uma fun??o cerimonial como chefe de estado. Atualmente conta com 100 membros.


O Saeima, o parlamento do pa?s.
No outono de 1991, a Let?nia reimplantou partes significativas de sua constitui??o de 1922, e na primavera de 1993 o governo realizou um recenseamento para determinar quem estava apto a votar.
Ap?s quase 3 anos de debates, a Let?nia concluiu uma lei sobre cidadania e naturaliza??o no ver?o de 1994. Pela lei, aqueles que eram cidad?os da Let?nia em 1940 e seus descendentes podem pedir a cidadania. Cerca de 40% da popula??o do pa?s n?o pertence ? etnia let?; ainda assim, muitos dos eslavos ?tnicos (geralmente russos) est?o aptos a requerer resid?ncia. O crit?rio de naturaliza??o inclui um conhecimento do idioma let?o em n?vel de conversa??o, um juramento de lealdade, ren?ncia ? cidadania anterior, e um conhecimento da constitui??o let?. Se permite a dupla cidadania para aqueles que foram for?ados a abandonar a Let?nia durante a ocupa??o sovi?tica, e adotaram outra cidadania. Criminosos condenados, viciados em drogas, ex-agentes dos servi?os de intelig?ncia sovi?ticos e alguns outros grupos est?o exclu?dos do direito ? cidadania.
A 19 de Mar?o de 1991, o Conselho Supremo aprovou uma lei explicitamente garantindo "direitos iguais a todas as nacionalidades e grupos ?tnicos" e "garantias a todos os residentes permanentes na rep?blica, independente de sua nacionalidade, aos mesmos direitos ao trabalho e a sal?rios". A lei tamb?m pro?be "quaisquer atividades voltadas ? discrimina??o por nacionalidade, ou ? promo??o de supremacia ou ?dio nacional".
Partidos principais: Nova Era (JL), coaliz?o por Direitos Humanos em uma Let?nia Unida (da Harmonia Popular-TSP, Socialista Let?o-LSP, entre outros), do Povo (TP), Primeiro da Let?nia (LPP), Uni?o de Agriculto

Чтв 23 Янв 2014 17:47:21
>>61421480
Что такое, сладенький?

Чтв 23 Янв 2014 17:47:51
Cultura[editar | editar c?digo-fonte]

Ver artigo principal: Cultura da Let?nia
Pa?s do Leste europeu, a Let?nia ? mais conhecida, no campo cultural, pelos int?rpretes e compositores de m?sica erudita, como ? o caso de Gidon Kremer e v?rios cantores de ?pera, para al?m dos seus coros, premiados internacionalmente. As Latvju Dainas, can??es populares, compiladas por Kri?j?nis Barons e Smits j? no s?culo XX, s?o tamb?m motivo de orgulho nacional.
A produ??o po?tica ? extensa.
A epopeia "O Matador de Ursos" (Lacplesis) de Andrejs Pumpurs ? um s?mbolo nacional.
A cultura let? est? muito marcada pela rela??o com a natureza. Marca disso mesmo ? o facto de um dos seus eventos mais conhecidos, o Festival Jani, ser a celebra??o da noite mais longa do ano (tal como o Natal, est? relacionado com o solst?cio de Inverno e o in?cio de um novo ciclo de vida). O respeito pelo ambiente ? vis?vel no carinho com que as cegonhas s?o tratadas num pa?s.
Literatura[editar | editar c?digo-fonte]
Os mais antigos testemunhos s?o do s?culo IX. Como em outros pa?ses da regi?o, existe uma rica tradi??o de contos, refr?es, lendas e l?rica religiosa e popular conservadas gra?as a tradi??o oral. No s?culo XVI com a Reforma Luterana e o uso da l?ngua vulgar surgiram os primeiros livros impressos. Georg Manzel e Christopher F?recker s?o os expoentes da literatura no s?culo XVII. O fil?logo Gotthart Friedrich no s?culo XVIII publicou uma gram?tica let? e um dicion?rio let?o-alem?o. J? no s?culo XIX criou-se a Sociedade de Literatura de Riga e apareceu o primeiro jornal Let?o em 1822. Desse per?odo destacam-se os nacionalistas rom?nticos como Juris Alunans (1841-1902), Andrejs Pumpurs e Mikelis Ansekilis (1850-1979). A tend?ncia realista inclui, entre outros, os autores Juris Neikens (1826-1868), R. Blaumanis (1863-1908), Anna Brigadere (1861-1933) e Janis Poruks (1871-1911).

Чтв 23 Янв 2014 17:48:27
Na mitologia grega, Europa era uma princesa fen?cia que Zeus sequestrou depois de assumir a forma de um touro branco deslumbrante. Ele a levou para a ilha de Creta, onde ela deu ? luz Minos, Radamanto e Sarped?o. Para Homero, Europa (em grego: ??????, Eur?p?) era uma rainha mitol?gica de Creta e n?o uma designa??o geogr?fica. Mais tarde, o termo Europa foi usado para se referir ao centro-norte da Gr?cia, e em 500 a.C., seu significado foi estendido para as terras ao norte.
O nome Europa ? de etimologia incerta.20 Uma teoria sugere que a palavra ? derivada do grego ????? (eurus), que significa "largo, amplo"21 e ??/??-/???- (?ps/?p-/opt-) significa "olho, rosto, semblante",22 portanto Eur?p? seria algo como "ampla contempla??o". Amplo era um ep?teto da pr?pria Terra na religi?o protoindo-europeia.23 Outra teoria sugere que o termo ? baseado em uma palavra semita como o mesmo significado do acadiano erebu, algo como "para ir para baixo, p?r-se" (cf. Ocidente),24 um cognato do fen?cio ereb "noite; oeste" e do ?rabe do Magreb, do hebraico ma'ariv (ver ?rebo, PIE *h1reg?os, "escurid?o"). No entanto, M. L. West afirma que "fonologicamente, a correspond?ncia entre o nome de Europa e qualquer forma da palavra sem?tica ? muito pobre".25
As principais l?nguas do mundo mais usam palavras derivadas de "Europa" para se referir ao "continente" (pen?nsula). O chin?s, por exemplo, usa a palavra ?uzh?u (??); este termo tamb?m ? usado para se referir ? Uni?o Europeia nas rela??es diplom?ticas em l?ngua japonesa, apesar do termo katakana (?????, Y?roppa?) ser mais comumente usado. No entanto, em algumas l?nguas turcas, o nome originalmente persa Frangistan (terra dos francos) ? usado casualmente para se referir ? grande parte da Europa, al?m de nomes oficiais, como Avrupa ou Evropa.26

Чтв 23 Янв 2014 17:49:01
Os gregos e romanos deixaram um legado na Europa que ? evidente nos pensamentos, leis, mentes e l?nguas actuais. A Gr?cia Antiga foi uma uni?o de cidades-estado, na qual uma primitiva forma de democracia se desenvolveu. Atenas foi sua cidade mais poderosa e desenvolvida, e um ber?o de ensinamento nos tempos de P?ricles. F?runs de cidad?os aconteciam e o policiamento do estado deu ordem ao aparecimento dos mais not?veis fil?sofos cl?ssicos, como S?crates, Plat?o e Arist?teles. Como rei do Reino Grego da Maced?nia, as campanhas militares de Alexandre o Grande espalharam a cultura hel?nica at? ?s nascentes do rio Indo.


Imp?rio Romano na sua extens?o m?xima.
Mas a Rep?blica Romana, alicer?ada pela vit?ria sobre Cartago nas Guerras P?nicas, estava crescendo na regi?o. A sabedoria grega passada ?s institui??es romanas, assim como a pr?pria Atenas foi absorvida sob a bandeira do senado e do povo de Roma. Os romanos expandiram seu imp?rio desde a Ar?bia at? a Bretanha. Em 44 a.C. quando atingiu o seu ?pice, seu l?der, J?lio C?sar foi morto sob suspeitas de estar corrompendo a rep?blica para se tornar um ditador. Na sucess?o, Otaviano usurpou as ra?zes do poder e dissolveu o senado romano. Quando proclamou o renascimento da rep?blica ele, de facto, transferiu o poder do senado romano quando rep?blica para um imp?rio, o Imp?rio Romano.
Idade M?dia[editar | editar c?digo-fonte]
Ver artigos principais: Invas?es B?rbaras, Idade M?dia, Alta Idade M?dia e Baixa Idade M?dia


Fronteiras da Europa em 450.
Quando o Imperador Constantino I reconquistou Roma sob a bandeira da Cruz em 312, ele rapidamente editou o ?dito de Mil?o em 313, declarando legal o cristianismo no Imp?rio Romano. Al?m disso, Constantino I mudou oficialmente a capital do imp?rio, Roma, para a col?nia grega de Biz?ncio, que ele renomeou para Constantinopla ("Cidade de Constantino"). Em 395, Teod?sio I, que tornou o cristianismo religi?o oficial do Imp?rio Romano, iria ser o ?ltimo imperador a comandar o Imp?rio Romano em toda a sua unidade, sendo depois o imp?rio dividido em duas partes: O Imp?rio Romano do Ocidente, centrado em Ravena, e o Imp?rio Romano do Oriente (depois referido como Imp?rio Bizantino) centrado em Constantinopla. A parte ocidental foi seguidamente atacada por tribos n?madas germ?nicas, e em 476 finalmente caiu sob a invas?o dos H?rulos comandados por Odoacro.

Чтв 23 Янв 2014 17:49:52
A Era dos Descobrimentos[editar | editar c?digo-fonte]
Ver artigos principais: Era dos Descobrimentos e Mercantilismo


R?plica de caravela, utilizada a partir de meados do s?culo XV na explora??o oce?nica
As numerosas guerras n?o impediram que os novos estados explorassem e conquistassem largas por??es do mundo, particularmente na ?sia (Sib?ria)31 e a rec?m-descoberta Am?rica.32 No s?culo XV, Portugal liderou a explora??o geogr?fica, seguido pela Espanha no come?o no s?culo XVI. Eles foram os primeiros estados a fundar col?nias/col?nias na Am?rica e esta??es de troca nas costas da ?frica e da ?sia, por?m logo foram seguidos pela Fran?a, Inglaterra e Holanda. Em 1552, o czar Russo Ivan, o Terr?vel conquistou os dois maiores canatos t?rtaros, Cas? e Astrac?, e a viagem de Yermak em 1580, que levou a anexa??o da Sib?ria pela R?ssia.
A expans?o colonial prosseguiu-se nos anos seguintes (mesmo com alguns empecilhos, como a Revolu??o Americana e as guerras pela independ?ncia em muitas col?nias americanas). A Espanha controlou parte da Am?rica do Norte e grande parte da Am?rica Central e do Sul, as Cara?bas/o Caribe e Filipinas.;33 Portugal teve em suas m?os o Brasil e a maior parte dos territ?rios costeiros em ?frica e na ?sia (?ndia e pequenos territ?rios na China etc);34 Os brit?nicos comandavam a Austr?lia, Nova Zel?ndia, maior parte da ?ndia e grande parte da ?frica e Am?rica do Norte;35 a Fran?a comandou partes do Canad? e da ?ndia (por?m quase tudo foi perdido para os brit?nicos em 1763), a Indochina, grandes terras na ?frica e Caribe; a Holanda ganhou as ?ndias Orientais (hoje Indon?sia) e algumas ilhas nas Cara?bas/no Caribe; pa?ses como Alemanha, B?lgica, It?lia e R?ssia conquistaram col?nias posteriormente.
Essa expans?o ajudou a economia dos pa?ses que a fizeram. O com?rcio prosperou, por causa da menor estabilidade entre os imp?rios. No final do s?culo XVI, a prata americana era respons?vel por 1/5 de todo o com?rcio da Espanha.36 Os pa?ses europeus travaram guerras que foram pagas atrav?s do dinheiro conseguido com a explora??o das col?nias/col?nias. No entanto, os lucros com o tr?fico de escravos e as planta??es das ?ndias Ocidentais, a mais rent?vel das col?nias brit?nicas naquele momento, representavam apenas 5% de toda a economia do Imp?rio Brit?nico no final do s?culo XVIII, tempo da Revolu??o Industrial.

Чтв 23 Янв 2014 17:51:15
>>61421658
лол, бамп

Чтв 23 Янв 2014 17:52:30
A interven??o francesa na Guerra de Independ?ncia dos EUA levou o estado franc?s ? fal?ncia.43 Depois de diversas tentativas falhas de uma reforma financeira, Lu?s XVI foi for?ado a reavivar a Assembleia dos Estados Gerais, um corpo representativo do pa?s feito pelas tr?s classes do estado: o clero, os nobres e o povo. Os membros dos Estados-Gerais reuniram-se no Pal?cio de Versalhes em maio de 1789, mas o debate e a forma de vota??o que seria usada criaram um impasse. Veio junho, e o terceiro estado, associado a membros dos dois outros estados, declarou-se uma Assembleia Nacional e prometeu n?o se dissolver at? que Fran?a tivesse uma constitui??o e criasse, em julho, uma Assembleia Nacional Constituinte. No mesmo tempo, os parisienses revoltaram-se, celebremente derrubando a pris?o da Bastilha em 14 de julho de 1789.43
Nesse tempo, a assembleia criou uma monarquia constitucional, e nos dois anos que se passaram v?rias leis foram criadas como a Declara??o dos direitos do Homem e do Cidad?o, a aboli??o do feudalismo e uma mudan?a fundamental das rela??es entre a Fran?a e Roma.43 No in?cio, o rei continuou no trono ao longo dessas mudan?as e gozou de uma popularidade razo?vel com o povo, mas a anti-realeza crescia com o perigo de uma invas?o estrangeira. Ent?o o rei, sem poderes, decidiu fugir com a sua fam?lia, mas ele foi reconhecido de volta a Paris. Em 12 de janeiro de 1793, sendo condenada a sua trai??o, ele foi executado.
Em 20 de setembro de 1792, a conven??o nacional aboliu a monarquia e declarou a Fran?a uma rep?blica.43 Devido ? imin?ncia das guerras, a conven??o nacional criou o Comit? de Salva??o P?blica controlado por Maximilien Robespierre do Partido dos Jacobinos, para atuar como executivo do pa?s. Sob Robespierre o comit? iniciava o Reino do terror, no qual cerca de 40 000 pessoas foram executadas em Paris, na maioria nobres, apesar de, frequentemente, faltarem evid?ncias. Por todo o pa?s, insurrei??es contra-revolu??o foram brutalmente reprimidas. O regime foi posto abaixo no golpe de 9 Termidor (27 de Julho de 1794) e Robespierre foi executado. O regime que se seguiu acabou com o Terror e afrouxou a maioria das regras extremas de Robespierre.43


A Batalha de Waterloo, onde Napole?o foi derrotado pelo Duque de Wellington em 1815.
Napole?o Bonaparte foi o general franc?s que mais obteve sucesso nas guerras da Revolu??o, tendo conquistado grandes por??es da pen?nsula It?lica e for?ado os austr?acos ? paz. Em 1799, retornou do Egito e em 18 de Brum?rio (9 de Novembro) subjugou o governo, substituindo-o pelo seu Consulado, do qual tornou-se o primeiro C?nsul.44 Em 2 de Dezembro de 1804, depois duma tentativa de assassinato, ele coroou-se imperador. Em 1805, Napole?o planeou invadir a Gr?-Bretanha, mas a rec?m-criada alian?a entre brit?nicos, russos e austr?acos (Terceira Coaliz?o) for?ou-o a direcionar a aten??o para o continente, quando ao mesmo tempo ele tinha falhado em desviar a Armada Superior Brit?nica para longe do Canal da Mancha, ocasionando uma decisiva derrota francesa na batalha de Trafalgar em 21 de outubro, e colocando um fim ?s suas esperan?as de invadir a Gr?-Bretanha. Em 2 de dezembro de 1805, Napole?o derrotou o ex?rcito austro-russo, numericamente superior, em Austerlitz, for?ando a ?ustria desistir da coaliz?o e levando ? fragmenta??o do Sacro Imp?rio Romano Germ?nico.44 Em 1806, a Quarta coaliz?o foi formada; em 14 de Outubro Napole?o derrotou os prussianos na Batalha de Jena-Auerstedt, marchando atrav?s da Alemanha e derrotando os russos em 14 de junho de 1807 em Friedland. Os Tratados de Tilsit dividiram a Europa entre Fran?a e R?ssia e criaram o Ducado de Vars?via.44
Em 12 de junho de 1812, Napole?o invadiu a R?ssia com a sua Grande Arm?e de aproximadamente 700 000 soldados.44 Ap?s as vit?rias em Smolensk e Borodino, Napole?o ocupou Moscovo, apenas para encontr?-la queimada pelo ex?rcito russo em retirada. Assim, ele foi for?ado a bater com seu ex?rcito em retirada. Na volta o seu ex?rcito f

Чтв 23 Янв 2014 17:52:41



Чтв 23 Янв 2014 17:53:04
A forma??o das na??es e dos imp?rios[editar | editar c?digo-fonte]
Ver artigos principais: Unifica??o italiana, Unifica??o Alem?, Guerra Franco-prussiana, Guerra da Crimeia, Revolu??es de 1848, Imp?rios coloniais e Neocolonialismo


Populares apoiando a Revolu??o de 1848 em Berlim.
Depois da derrota da revolucion?ria Fran?a, outras grandes for?as tentaram restaurar a situa??o existente antes de 1789. Em 1815, no Congresso de Viena, as maiores for?as da Europa organizaram-se para produzir um pac?fico equil?brio de poder entre os imp?rios depois das Guerrras Napole?nicas (embora estivessem ocorrendo movimentos internos revolucion?rios) sob o sistema de Matternich.45 Entretanto, os seus esfor?os foram incapazes de parar a propaga??o de movimentos revolucion?rios: a classe m?dia foi profundamente influenciada pelos ideais de democracia da Revolu??o Francesa, a revolu??o Industrial trouxe importantes mudan?as s?cio-econ?micas/econ?micas, as classes baixas come?aram a ser influenciadas pelas ideias socialistas, comunistas e anarquistas (especialmente unidas por Karl Marx no Manifesto Comunista),46 e a prefer?ncia dos novos capitalistas era o liberalismo.


Em 1815, as fronteiras da Europa foram refeitas, quando as suas ra?zes j? haviam sido sacudidas pelos ex?rcitos de Napole?o.
Uma nova onda de instabilidade veio da forma??o de diversos movimentos nacionalistas (na Alemanha, It?lia, Pol?nia, etc.), buscando uma unidade nacional e/ou libera??o do dom?nio estrangeiro. Como resultado, o per?odo entre 1815 e 1871 foi palco de um grande n?mero de conflitos e guerras de independ?ncia. Napole?o III, sobrinho de Napole?o I, retornou do ex?lio na Inglaterra em 1848 para ser eleito pelo parlamento franc?s, como o ent?o "Presidente-Pr?ncipe" e num golpe de estado eleger-se imperador, aprovado depois pela grande maioria do eleitorado franc?s. Ele ajudou na unifica??o da It?lia lutando contra o Imp?rio Austr?aco47 e lutou a Guerra da Crimeia com a Inglaterra e o Imp?rio Otomano contra a R?ssia. Seu imp?rio ruiu depois duma infame derrota para a Pr?ssia, na qual ele foi capturado. A Fran?a ent?o se tornou uma fraca rep?blica que recusava-se a negociar e foi derrotada pela Pr?ssia em poucos meses. Em Versalhes, o Rei Guilherme I da Pr?ssia foi proclamado Imperador da Alemanha e a Alemanha moderna nasceu.48 Mesmo que a maioria dos revolucion?rios tenha sido derrotada, muitos estados europeus tornaram-se monarquias constitucionais, e em 1871 Alemanha e It?lia se desenvolveram em estados-na??o. Foi no s?culo XIX tamb?m que se observou o Imp?rio Brit?nico emergir como o primeiro poder global do mundo devido, em grande parte, ? Revolu??o Industrial e a vit?ria nas Guerras Napole?nicas.49
A paz iria apenas durar at? que o Imp?rio Otomano declinasse suficientemente para se tornar alvo de outros.50 Isso incitou a Guerra da Crimeia em 1854,51 e come?ou um tenso per?odo de pequenos conflitos entre as na??es dominantes da Europa que deram o primeiro passo para a posterior Primeira Guerra Mundial. Isso mudou uma terceira vez com o fim de v?rias guerras que transformaram o Reino da Sardenha e o Reino da Pr?ssia nas na??es da It?lia e da Alemanha, mudando significativamente o balan?o do poder na Europa. A partir de 1870, a hegemonia Bismarquiana na Europa p?s a Fran?a em uma situa??o cr?tica.52 Ela devagar reconstruiu suas rela??es internacionais, buscando alian?as com a Gr?-Bretanha e R?ssia, para controlar o crescente poder da Alemanha sobre a Europa. Desse modo, dois lados opostos se formaram na Europa, incrementando suas for?as militares e suas alian?as ano a ano.53

Чтв 23 Янв 2014 17:53:38
Ver artigos principais: Primeira Guerra Mundial, Revolu??o Russa de 1917, Tratado de Versalhes, Per?odo entreguerras, Grande depress?o e Segunda Guerra Mundial


Alian?as militares europeias no in?cio da Primeira Guerra Mundial.
Depois da relativa paz na maior parte do s?culo XIX, a rivalidade entre as pot?ncias europeias explodiu em 1914, quando a Primeira Guerra Mundial come?ou. Mais de 60 milh?es de soldados europeus foram mobilizados entre 1914 e 1918.55 De um lado estavam Alemanha, ?ustria-Hungria, o Imp?rio Otomano e a Bulg?ria (Poderes Centrais/Tr?plice Alian?a), enquanto que no outro lado estavam a S?rvia e a Tr?plice Entente – a el?stica coliga??o entre Fran?a, Reino Unido e R?ssia, que ganhou a participa??o da It?lia em 1915 e dos Estados Unidos em 1917. Embora a R?ssia tenha sido derrotada em 1917 (a guerra foi uma das maiores causas da Revolu??o Russa, levando ? forma??o da comunista Uni?o Sovi?tica), a Entente finalmente prevaleceu no outono de 1918.
No Tratado de Versalhes (1919) os vencedores impuseram severas condi??es ? Alemanha e aos novos estados reconhecidos (tais como Pol?nia, Checoslov?quia, Hungria, ?ustria, Jugosl?via, Finl?ndia, Est?nia, Let?nia, Litu?nia) criados na Europa Central a partir dos extintos imp?rios Alem?o, Austro-H?ngaro e Russo, supostamente na base da auto-defini??o. A maioria desses pa?ses entraria em guerras locais, sendo a maior delas a Guerra Polaco-Sovi?tica (1919-1921). Nas d?cadas seguintes, o medo do comunismo e a Grande Depress?o (1929-1943) levaram grupos extremistas nacionalistas - sob a categoria do fascismo – na It?lia (1922), Alemanha (1933), Espanha (depois da guerra civil, terminada em 1939) e em outros pa?ses como a Hungria.


Hitler e Mussolini formaram o Pacto do Eixo e dominaram a maior parte da Europa na fase inicial da Segunda Guerra Mundial.
Depois de aliar-se com a It?lia de Mussolini no Pacto de A?o e assinar o pacto de n?o-agress?o com a Uni?o Sovi?tica, o ditador alem?o Adolf Hitler come?ou a Segunda Guerra Mundial em 1° de Setembro de 1939 invadindo a Pol?nia, depois de uma expans?o militar ocorrida no final da d?cada de 1930. Ap?s sucessos iniciais (principalmente a conquista do oeste da Pol?nia/Pol?nia, grande parte da Escandin?via, Fran?a e os Balc?s antes de 1941), as for?as do Eixo come?aram a enfraquecer-se em 1941. Os principais oponentes ideol?gicos de Hitler eram os comunistas da R?ssia, mas por causa da falha alem? em derrotar o Reino Unido e das falhas italianas no norte da ?frica e no Mediterr?neo, as for?as do Eixo se resumiram ? Europa Ocidental, Escandin?via, al?m de ataques a ?frica. O ataque feito posteriormente ? Uni?o Sovi?tica (que junto com a Alemanha dividiu a Europa central em 1939-1940) n?o foi feito com a for?a necess?ria. Apesar de um sucesso inicial, o ex?rcito alem?o foi parado perto de Moscovo em dezembro de 1941.
Apenas no ano seguinte ? que o avan?o alem?o seria parado e eles come?ariam

Чтв 23 Янв 2014 18:13:27




← К списку тредов